Filho quebra vidraça de unidade de saúde após morte do pai e é detido em Balneário Barra do Sul.

Um homem chegou a ser detido após quebrar a vidraça da Unidade de Atenção Básica Getel Mendes, em Balneário Barra do Sul, na manhã de quarta-feira, depois que o pai dele, Alfredo Belarmino da Silva, 82 anos, morreu de ataque cardíaco ao dar entrada na unidade.

Pedro Alfredo da Silva, 44 anos, justificou o estrago dizendo estar revoltado com a demora no atendimento ao pai. A família do idoso alega ter feito mais de uma chamada pedindo uma ambulância enquanto a vítima passava mal.

O atendimento não teria acontecido porque os bombeiros da cidade estão sem ambulância e, nesses casos, somente as viaturas da unidade de saúde fazem os resgates. Inconformado com a espera, Pedro dirigiu até a Unidade de Atenção Básica e buscou um enfermeiro no próprio carro.

Mais tarde, o idoso foi colocado no veículo e levado até a unidade. Lá, teria morrido na entra do pronto-socorro. Foi quando Pedro perdeu a cabeça e quebrou uma vidraça, sendo detido por danos ao patrimônio público. Ele só foi liberado mais tarde, quando pagou fiança e passou a cuidar do velório do pai.

Os bombeiros da cidade reconhecem que não têm condições de atender emergências quando as ambulâncias estão baixadas. A Secretaria de Saúde do Município informou que foram feitos todos os procedimentos de urgência na tentativa de salvar Alfredo e que as ambulâncias estavam em outros atendimentos naquele momento.

Fonte: A NOTICIA

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Barra do Sul.