Prefeitura de Balneário Barra do Sul abre sindicância interna para investigar atos de servidores.

A Prefeitura de Balneário Barra do Sul abriu sindicância para apurar internamente as denúncias contra dois fiscais suspeitos de autorizar construções, reformas e instalação de água e luz em áreas de preservação permanente, irregulares ou embargadas, mediante recebimento de propina. Eles foram presos preventivamente na manhã de quarta-feira durante força-tarefa composta pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas de Joinville, Florianópolis e Itajaí) e podem ser indiciados por crimes contra a administração pública, meio ambiente e o ordenamento urbano. A operação denominada “Ajustamento de Conduta” também apreendeu na sede da Prefeitura e na Secretaria Municipal de Planejamento documentos e computadores para serem periciados.

Fonte: NOTICIAS DO DIA.

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Barra do Sul.