Iniciou nesta segunda-feira (16/4) uma operação da Receita Federal, intermediada pela Alfândega no Porto de São Francisco do Sul e da Delegacia da Receita em Joinville, que vai mapear supostas irregularidades em 280 imóveis de luxo localizados em municípios da região.

Em coletiva de imprensa, o superindente regional da Receita Federal, Luiz Bernardi, afirmou que os potenciais alvos da operação “Lince” são imóveis localizados em bairros de classes média e alta. 

O helicóptero modelo EC-135, da Receita Federal, sobrevoará construções das cidades de Barra Velha, Balneário Barra do Sul, Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville e São Francisco do Sul.

A aeronave conta com moderno sistema para a captação de imagens, inclusive noturnas.

Uma vez que essas imagens tenham sido feitas, serão confrontadas com os registros de imóveis nas prefeituras, cartórios e no Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia).

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Barra do Sul.